quinta-feira, 23 de março de 2017

Diversificação: Quantas ações devo ter na minha carteira?

Este é um tema sem unanimidade, com cada autor e cada grande investidor defende uma teoria diferente baseado em muitas leituras e na minha opinião pessoal, cheguei a uma resposta que vou partilhar mais a frente.


  A diversificação é um tema que no Brasil, vem sendo muito discutida sem muito consenso.

 Para começar vamos ao casos da  bolsa Americana, carteiras como a de John Templeton e Walter Scholss chegaram a ter mais de 100 ações na sua Carteira de ações com esse numero de ações temos de concordar que tem de ser um investidor profissional para dedicar o tempo todo ao acompanhamento de 100 ações, o investidor pessoa física que trabalha e tem um emprego não tem como  acompanhar 100 ações de forma aprofundada.

 Outro mito, que quero aqui discutir é de que Warren Buffet que defende a concentração, tem pouquíssimas  empresas na sua carteira de ações, ele defende que o investidor deve concentrar, ou seja não deve ter 100 ações na sua carteira, de maneira a conhecer aprofundadamente e no detalhe  cada empresa.




  Mas quantas Ações tem  Warren Buffet

 

 A volta de 48 ações, mas 3 ações com  maior peso na sua carteira constituem quase 50% da sua carteira, as 10 ações com mais peso tem quase 80% da sua carteira e as 20 ações com maior peso tem a volta de 90% da sua carteira, por aqui vemos, que se escolheremos as 10 ou 20 maiores empresas da sua carteira ficaríamos com 80% a 90% sua carteira inteira.




 E o criador do investimento em Valor Benjamin Graham quantas empresas defende que o investidor pessoa física deve ter?
 Ele no livro o investidor inteligente defende que uma boa diversificação da carteira de ações deve ter entre 10 a 30 ações, pois esse numero é um numero que ainda é possível o investidor pessoa física acompanhar com profundidade e assim se aumentar a probabilidade de acerta e que se errar alguma das  ações não vai ter um peso muito grande na nossa carteira final.

  E no caso do Brasil quantas empresas tem os grandes investidores que defendem a Concentração, o caso mais conhecido de concentração no Brasil é Luiz Barsi.

 

 

Quantas ações tem Luiz Barsi?

 

 Luiz Barsi defende que se uma empresa paga dividendo uma vez por ano, uma pessoa deve ter 12 empresas diferentes na sua carteira para receber dividendos todos os meses, o investidor deve buscar as oportunidades sendo a diversificação a consequência, ele mesmo aplica esse conceito na sua carteira de investimentos neste momento tem cerca 10 papeis na sua carteira numero bem próximo do que ele considera ideal.
 



 Houve também a teórica moderna do portfólio do autor Harry Markowitz que mostra o seguinte gráfico que eu adaptei, a realidade do Brasil.


Figura- Gráfico adaptado da teoria moderna do portfólio do autor  Harry Markowitz  para realidade do Brasil



  Por esse gráfico da para perceber que autor da teoria moderna do portfólio acredita numero ideal de uma carteira de ações anda a volta de 20 ações pois a partir dai só temos o risco de mercado, não adianta ter mais ações na carteira só nos vai complicar a analise e o acompanhamento ao ter a volta de 20 ações conseguimos ter um acompanhamento profundo das empresas.





  Mas afinal quantas empresas devemos ter na nossa Carteira de Ações?



 A minha opinião pessoal baseado pelo que li dos grandes investidores que ate descrevi em cima, é que uma carteira de ações deve ter entre 10 e 20 ações, de maneira a ser possível o acompanhamento profundo das empresas da carteira, para assim ter uma rentabilidade maior uma vez que temos uma conhecimento das empresas, mas também é um numero que permite ter boa diversificação tendo um risco próximo ao risco de mercado. 

 Isto ate é lógico se a gente fizer o seguinte pensamento se 1  das 10 empresas falir perco 10% do meu dinheiro da carteira, se 1 em 20 empresas falir perco 5% por centro do meu dinheiro, acredito que seja bem difícil achar mais de 20 empresas boas ou excelentes a um preço razoável ou baixo, por isso defendo entre 10 e 20 empresas.

 Outro ponto que quero realçar, que devemos ter uma vários setores uns 5 setores ou mais, o motivo também é lógico as vezes a setores que passam por crises assim sendo as empresas que temos em outros setores nos ajudaram a manter que rentabilidade da nossa carteira ate que esse setor especifico se recupere.




 Além disso o ultimo ponto que gostaria de discutir é o tamanho, eu acredito que a carteira de ações deve ser constituída mais de metade ou ate inteiramente  em empresas sólidas, consistentes, com grande histórico de lucro de muitos anos seguidos de maneira a carteira seja mais conversadora e mais tranquila capaz de superar as épocas de crise para depois  retomar em força.

 Para finalizar resumindo minha opinião uma carteira de ter entre 10 e 20 ações diferentes de  5  ou mais setores deferentes , e ser mais de metade ou ate inteiramente em empresas sólidas, consistentes, com histórico de lucro de muitos anos seguidos.






Aviso: Este blog é um lugar onde eu partilho a minha opinião e minha visão do mercado, os exemplos que aqui expostos são apenas didáticos e ilustrativos, este blog não recomenda ninguém a comprar/vender/manter Ações, Fundos Imobiliários, ou qualquer outro produto financeiro, a decisão e a responsabilidade do investimento é sua, deverá estudar e  aprender máximo de educação financeira para tomar boas escolhas.

Blog Widget by LinkWithin

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...