quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Modelagem: Alcance o sucesso dos gigantes!

Usando a modelagem para ser uma pessoa melhor.
Descubra como usar a modelagem para triunfar na vida.





O que é a Modelagem?


 A modelagem é uma técnica usada na  PNL (Programação Neurolinguística). Consiste em estudar o comportamento e as ações de uma pessoa muito bem-sucedida em determinada área e, a partir de então passa-se a adotar os mesmos hábitos praticados por esta pessoa e a realizar ações semelhantes às dela, com o propósito de alcançar resultados parecidos e com isto obter sucesso.




Quem pode usar a Modelagem?


 Todas as pessoas podem se beneficiar dessa técnica! Todos que possuem mente aberta, grandes sonhos e muita disposição para seguir os passos na direção de sua realização podem utilizar a Modelagem como uma alavanca para agilizar o processo. Juntamente com a Modelagem você pode aplicar outras técnicas ligadas à PNL como por exemplo, a que remete à utilização de afirmações positivas que, além de lhe transmitir mais segurança e confiança em si mesmo, trabalha a energia do universo a seu favor.

Nem todas as pessoas acreditam que as afirmações positivas acionam o campo energético do Universo. No entanto, acordar de manhã e dizer para si mesmo: "Eu consigo!",  "Vai dar certo! Mais um dia para eu trabalhar para concretizar meu sonho!" e outras afirmações que lhe possa trazer motivação e energia para focar em suas metas, certamente não lhe fará mal nenhum.

Antes de aplicar a técnica da modelagem, é importante pesquisar algumas pessoas que já alcançaram o que você está buscando. dentre elas, selecione aquela com a qual você mais se identifica. Preste atenção nos detalhes da sua história, dos seus hábitos e ações realizadas no âmbito profissional. Os detalhes são fundamentais e lhe permitirão seguir na direção certa.


Podemos aprender não só com os acertos  mas também com os erros cometidos pela pessoa Modelo.  É possível, caso você entenda necessário, fazer algumas pequenas alterações de modo a adaptar melhor as ações que você decidir seguir à sua realidade. Os erros não devem ser ignorados e, muitas vezes você poderá complementar determinada ação para obter um resultado ainda melhor!


Vou compartilhar com vocês os Modelos que eu escolhi para guiar minhas ações em cada uma das seguintes áreas:




Finanças Pessoais


No Brasil: O meu modelo é o Gustavo Cerbasi.  O autor transmite por meio dos seus livros, as  estratégias que seguiu durante a sua vida para obter sucesso nas finanças pessoais. Eu estudá-lo, juntamente com sua obra, aprendi a importância de poupar e de assumir o controle do meu dinheiro para que eu possa investir e realizar alguns dos meus objetivos, como, por exemplo, alcançar, no futuro, minha independência financeira.


No Mundo: O meu modelo é Robert Kiyosaki, com ele aprendi sobre a importância de se possuir mais ativos do que passivos. Que a acumulação de ativos (geradores de renda) é o que nos permite enriquecer. 




Negócios e Empreendedorismo


No Brasil: O meu modelo, aqui,  é o Jorge Paulo Lemann. Trata-se da pessoa mais bem sucedida no ramo dos negócios no Brasil (ele está entre as 25 pessoas mais ricas do mundo). Ele me inspira a sonhar grande, pois quem sonha grande e corre atrás dos seus sonhos, voa alto e realiza importantes conquistas ao longo da vida.

No Mundo: Jeff Bezos um grande empreendedor. Segundo a Forbes ele é considerado o homem mais rico do mundo. Ele é o fundador da Amazon.  Ele explorou a internet com bastante sucesso. Ao estudar sua história percebi que, como o mundo atual é virtual, os empreendimentos online alcançam maior número de pessoas do que estabelecimentos físicos e, possuem grandes chances de sucesso!




Investimentos


No Brasil: Luiz Barsi é o meu modelo. Ele me ensinou que é estratégico investir nos momentos de crises. Comprar ações de boas empresas, conhecidas por pagarem bons dividendos e que se encontram-se sedimentadas em setores perenes (setores cujos serviços ou produtos sejam essenciais à vida em sociedade, como energia, bancos...) e segurar suas ações por muitos anos,  reinvestindo os seus dividendos certamente gerará bons resultados a longo prazo.


No Mundo: Warren Buffett seu modelo me ensinou a técnicas para avaliar a rentabilidade das empresas de modo a poder identificar excelentes oportunidades. Aprendi a analisar pontos como, por exemplo: rentabilidade sobre o patrimônio, divida controlada, altas margens, vantagens competitivas. Assim, quando suas ações estiverem à venda por um preço abaixo do que elas efetivamente valem poderei comprá-las para aproveitar a oportunidade. Neste caso deverei mantê-las por muito tempo para obter significativo retorno do meu investimento.


E você, o que acha desta técnica da Modelagem? 


 Compartilha aqui embaixo quem são os seus modelos!








Blog Widget by LinkWithin

17 comentários:

  1. Acho uma estratégia eficiente, pois reproduzimos os passos de quem já vivenciou desafios antes de nós. Existem dois problemas, porém: as circunstâncias históricas mudam, e nunca podemos ter certeza se as experiências não foram formatadas ao serem relatadas em livros e websites. Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário.

      Concordo com você. Precisamos estudar bem a história do nosso modelo, tendo cuidado para pesquisarmos em fontes confiáveis. Também é importante analisar as circunstancias pois se forem muito diferentes será preciso adaptar ao nosso contexto.

      Abraço e sucesso.

      Excluir
  2. Mas é só isso? escolher celebridades e seguir?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário.

      Não é só isso. Modelagem é apenas um estrategia que constitui parte de uma longa jornada para o sucesso. Ao escolher um modelo é pesquisar sua história você verá que atingir o sucesso não é necessariamente uma tarefa simples, muitas das celebridades bem sucessíveis de hoje se esforçaram muito para chegar onde estão.

      Abraço e sucesso.

      Excluir
  3. Cara, tenho alguns pés atrás com PNL. Acho que é meio auto ajuda. Estou errado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário.

      Inicialmente eu também tinha os meus dois pés atrás com a PNL. No entanto, meu sogro é psicólogo e trabalha bastante com a PNL. Em nossas conversas mais recentes, acabei ficando intrigado e estou procurando ler e conhecer mais sobre o assunto. Pelo que eu já li, dá uma ideia de auto ajuda mesmo. Pois a pessoa trabalha com afirmações e pensamentos positivos voltados para a realização dos seus objetivos. Mas é claro que ela deve realizar ações destinadas a concretização de suas metas. Eu acredito que a PNL pode ser uma contribuição para lhe ajudar a manter o foco. Mas não penso que sozinha lhe levará ao resultado que se procura atingir.

      Abraço e sucesso.

      Excluir
  4. Olá, DIL. Ótima postagem, gostei das suas inspirações também.

    Sobre as afirmações, embora eu seja um pouco cético, sei bem o poder de uma mente determinada a algum objetivo. Quem nunca teve aquela sensação de acordar entusiasmado com algum projeto, com a mente positiva sobre o sucesso na empreitada?

    O autor Hal Elrod afirma em seu livro "Milagre da Manhã" que há 6 hábitos salvadores de vidas, que devem ser praticados todos os dias ao acordar: Silêncio (meditação ou oração); Afirmação; Visualização; Exercício; Leitura; e Escrita.

    A filosofia do livro vai ao encontro do seu post.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Vai ao encontro do..."

      Cara, CI, quase ninguém acerta essa expressão, só vejo por aí "de encontro a" pra algo que é de acordo, ou seja, uso incorreto.

      Acho que estudar muito português para concursos faz isso com a gente rsrs

      Grande abraço ;D

      Excluir
    2. Obrigado pelo comentário.

      Já ouvi falar muito bem do livro ¨O milagre da manhã¨. Ele está na minha lista de leitura para 2018!

      Obrigado por compartilhar conosco sobre os ensinamentos do autor Hal Elrod. Tenho certeza que serão úteis não só para mim, como também para todos que possuem interesse em seguir se aperfeiçoando.

      Abraço e sucesso.

      Excluir
  5. Olá DIL, ótimo post.

    Sempre que penso em quem se espelhar, me lembro de Jesus Cristo, pois minha vida é dedicada a se espelhar nele.
    O mundo tá cheio de gente impaciente, violenta, que não se importa com o próximo, e Jesus ensinou totalmente o contrário. Uma característica minha que sempre tento manter é a mansidão, ensinada por Cristo. Muitas vezes a vontade de explodir de raiva é grande, ou a vontade de dar umas boas respostas pra pessoas ruins. Também é enorme a vontade de brigar no trânsito quando alguém faz algo errado pra cima de você. É nessas horas que lembro das atitudes de Jesus e tento sempre manter a calma e a paciência.

    Um grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário.

      Você trouxe aqui um grande meste. O mundo seria outro se a humanidade se espelhasse em pelo menos alguns dos sábios ensinamentos de Jesus.

      Independentemente de religião, Jesus foi um grande homem. Em sua vida nos deu importantes lições de amor, compaixão, solidariedade e serenidade.

      Em situações difíceis nem sempre conseguimos manter a cabeça fria. Mas é importante tentar, fazer o máximo para sermos o melhor que podermos. Quando explodimos com alguém, também estamos fazendo mal à nós mesmos.

      Abraço e sucesso.

      Excluir
  6. Tenho os mesmo "modelos" a seguir.

    Acrescentaria o professor Olavo de Carvalho pela sua filosofia somente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário.

      Que bom que temos tantos modelos em comum. Não conhecia o professor Olavo de Carvalho, obrigado por mencionar-lo e contribuir com mais uma fonte de inspiração. Vou pesquisar sobre sua filosofia.

      Abraço e sucesso.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...