quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Demonstração do Resultado do Exercício (DRE - Simples)

Aprenda como interpretar a Demonstração de resultado do Exercício de maneira pratica e simples.



Este é o terceiro post da serie Analise de Balanço, confira aqui os anteriores (caso não tenha lido):




Demonstração do Resultado do Exercício (DRE)

 

A DRE é uma demonstração que devem ser contabilizados  receitas e as despesas que ocorrem nesse periodo na empresa, independentemente se o recebimento ou pagamento entrou ou saiu do caixa nesse tempo (isso vai aparecer na Demonstração do Fluxo de Caixa, que vamos ver no próximo post).

A DRE é uma "foto" da empresa, pois ela mostra-nos como a empresa está no momento em que a  foto foi tirada e o passado da empresa. Para interpretar o futuro, temos de ir além dos números, ver outros fatores, como perspectivas futuras da empresa e do setor, competência da sua administração, entre outros.


A DRE é composta por vários componentes. Para simplificar fiz um pequeno quadro de resumo da DRE, que segue abaixo:

DRE - maneira simples e facil
DRE - de maneira simplificada

Agora vamos ver os fatores que considero mais importante de examinar, são eles:

  • Receita Liquida -  É importante verificar se a empresa cresce a sua receita ao longo do tempo. Para crescer a receita liquida a empresa geralmente tem de aumentar as vendas e/ou os preço dos seus produtos vendidos, ambas os fatores são positivos.
  • Lucro Bruto  - É o primeiro Lucro da DRE, ou seja, é um  lucro sem tantos impostos e custos (mais "bruto"). Se a empresa tem este lucro crescente, mostra que consegue crescer mais a sua receita liquida do que os custos com as vendas, o que é ótimo. O lucro bruto alto mostra uma empresa pujante.
  • Lucro Operacional (EBIT) - é o lucro que a empresa gera através das suas operações. Se o lucro operacional  é alto e cresce com consistência, mostra que é uma empresa operacionalmente eficiente e com boas perspectivas futuras.
  • Lucro Liquido - é um dos pontos mais olhados pelos investidores, afinal o que vai remunerar o investidor é o lucro (e um  bom fluxo de caixa, a empresa precisa de receber o dinheiro lucra com eficiência). A empresa deve um  ter lucro bem  alto e crescente ao longo do tempo.

Deve-se olhar a Receita Liquida e estes 3 Lucros (Bruto, Operacional e Liquido) por um periodo de 10 anos para vermos a sua evolução ao longo do tempo na empresa (se são consistentes e crescentes no longo prazo).



Deixarei aqui 2 imagens do DRE da TAESA de 2017, para saber como é na pratica, foi retirado do site da Bovespa.


DRE da taesa do ano de 2017
DRE - TAESA 2017 (fonte: Bovespa)


Demostração do resultado de exercicio da TAESA de 2017
DRE - TAESA 2017 (fonte: Bovespa)



Margens de Lucro (Bruto, Operacional, Liquido)

 

  • Margem Lucro Bruto = (Lucro Bruto /  Receita Liquida) x 100 - mede a rentabilidade do negocio. Se uma empresa tem uma margem bruta elevada, e mantém assim por muitos anos então o negocio tem vantagens competitivas. Esse valor vai depender de setor para setor, mas para termos uma noção podemos considerar o valor mínimo de 40%. 
  • Margem Operacional ou Margem EBIT = (Lucro operacional ou EBIT / Receita Liquida) x 100 - mede a eficiência operacional da empresa.  Se a margem é elevada então a empresa operacional eficiente. Podemos considerar o valor mínimo de 20% (vai variar de setor para setor).
  • Margem Lucro Liquido = (Lucro Liquido / Receita Liquida) x 100 - aqui queremos saber como a empresa consegue transformar a sua receita em lucro liquido, se a consegue manter alta por muitos anos. Um valor referencia é 10% (mas varia muito de setor para setor), eu gosto de setores com margens de lucro liquido mais elevadas, pois fica mais difícil de passar do lucro para o prejuízo.



3 fatores importantes a ter em conta


  • Aqui é preciso analisar setor por setor e até mesmo por subsetor, por exemplo, uma empresa no subsetor de geração ou transmissão de energia elétrica vai ter margem muito mais alta do  uma empresa na distribuição de energia elétrica.
  • Outro ponto muito interessante de analisar, que se deve comparar setor a setor, por exemplo, uma empresa de Comercio e distribuição de medicamentos é praticamente impossível ter margem maior do que 10%, então se tiver margem maior do que as concorrentes do seu setor poderá ser uma boa empresa, por exemplo a RAIADROGASIL tem margem de lucro de 3,9% que é mais alta do que as dos as concorrentes que é de 2,7%.
  • É importante olhar o comportamento das margens ao longo dos últimos 10 anos, para ver se são tendencialmente crescentes no longo prazo. 



Livros sobre Analise de Balanços


Uma ótima maneira de aprender mais, é ler livros de  Contabilidade e Analise de balanços são excelentes para isso.

Dentro desses livros destaco o seguinte livro:





Este foi o terceiro post da serie Analise de Balanço, já só falta o quarto post sobre Demonstração de Fluxo de Caixa (onde aprenderemos como funciona a entrada e saída de dinheiro no caixa da empresa) para fecharmos esta serie.

Blog Widget by LinkWithin

8 comentários:

  1. Muito bem escrito e didático.
    Parabéns pelos estudos e pelo trabalho.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Ótimo post, DIL. Parabéns. Bem didático. Sigo acompanhando a série.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns DIL! Estou aprendendo bastante com esta série! Obrigada por compartilhar este conhecimento de forma tão didática :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário.

      Fico muito contente em ajudar.

      Abraço e bons investimentos.

      Excluir
  4. Gostaria de saber qual valor utilizo em cada cálculo (Qual valor corresponde ao Lucro Bruto, Lucro Líquido, Receita Bruta, Receita Líquida, etc).
    Você poderia descrever a fórmula com os números dos índices (número das linhas - por exemplo: o Lucro Líquido está na 3.11.. então na fórmula, no lugar de escrever "lucro líquido" escrever "3.11)?

    ResponderExcluir
  5. Olá Thatiane, obrigado pelo comentário.

    O lucro liquido é o item 3.11, que tem o valor de 648.285 em 2017.

    O lucro operacional (ou em inglês EBIT) é o 3.05 que o valor de 926.260 em 2017.

    A Receita Liquida é o 3.01 que tem o valor de 1077 em 2017.

    Estes são os dados mais utilizados para fazer os cálculos dos múltiplos.

    No próprio fundamentos estes dados já vem calculados. Outro site muito bom para ver os resultados da empresa e os múltiplos é o Pense Rico.

    Espero ter tirado suas dividas.

    Abraço e bons investimentos.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...