sábado, 26 de maio de 2018

Educação em Portugal [serie Aposentadoria em Portugal]

Universidade mais antiga de Portugal
Olá leitores, hoje vamos dar continuidade ao tema Aposentadoria em Portugal. Vou falar como é a Educação em Portugal e suas variáveis como qualidade e custo.



Primeiramente, vou contar um pouco sobre a minha historia. Eu estudei na escola em Portugal durante quase toda a minha vida: fiz o pré-escola, escola primeira (escolinha), ensino básico (fundamental), ensino secundário (ensino médio) e finalmente ensino superior (universidade).


Nota: para fazer as conversões de preços de euros para reias, usarei a conversão de 1 euro a 4,25 reais.



Pré-escola (jardim de infância)



Em Portugal é normal a criança com 3 anos começar na pré-escola (jardim de infância) e ficar lá até aos 5 ou 6 anos. Antes disso, fica em casa com os país. Existem pré-escolas que são praticamente gratuitas. Há algumas que custam a volta de  uns 60 euros,  outras em torno dos 150 euros (637 reias). Os preços variam de acordo com a localização.
 

Na pré-escola é um ambiente bem tranquilo e calmo, em que as crianças brincam com os colegas, aprendem a desenhar, e faz algumas atividades lúdicas e didáticas.  Existem pré-escolas que funcionam só de manhã e outras outras, que funcionam o dia inteiro.



Escola Primária



 A escola primária vai do 1ºano ao 4ºano, onde estudam as crianças de  5 ou 6  anos até aos 9,10 anos da idade. Aqui o aluno começa por aprender a escrever, e as operações básicas de matemática, além de ter outra matéria chamada estudo do meio, que aprender varias matérias, onde ele aprende vários conteúdos, como se fosse uma integradora.  A escola primaria geralmente é gratuita e funciona o dia inteiro, das 8 ou 9h da manhã até as 15 ou 16h da tarde, tendo horário de almoço na própria escola.


A escola primaria é de boa qualidade, geralmente com turmas bem pequenas onde a criança pode sair bem preparada para o ensino básico. Aqui só vai ter o custo dos livros escolares em torno de 70 euros por ano (297 reais).






Ensino Básico


O ensino básico é do 5ºano até ao 9ºano, mais ou menos dos 10 anos até aos 15 anos. Aqui existe um salto grande de dificuldade. O aluno tem umas 8 disciplinas, algumas são: Português, Inglês, Matemática, Ciências Naturais, Educação Física, Historia, Físico-química (a partir do 7ºano), Francês ( a partir do 7ºano). 

O horário das aulas é das 8h30 até as 17h30, tendo uma hora para almoçar, com uma tarde ou duas livre por semana.

A escola pública é muito boa, as turmas costumam ter entre 20 a 25 alunos e é gratuita. Os país só têm de pagar os livros escolares, em torno de uns 250 euros por ano (1062 reias), ônibus escolar custa uns 25 euros por mês (106 reias), e o almoço escolar que varia entre 1,5 a 2,5 por dia, 31,5 a 52,5 euros  por mês (133 a 233 reias).




Ensino fundamental


O Ensino fundamental é do 10ºano até ao 12ºano, desde os 16 anos até aos 18 anos. Aqui o ensino se torna mais difícil tendo umas 8 disciplinas: Português, Inglês, Biologia, Matemática, Química, Física, Educação Física, Biologia. 

O Ensino Fundamental é muito importante para entrar em uma Universidade Pública. A média para entrar numa Universidade Pública é de 50% da media dos 3 anos (10º,11º e 12º) mais 50% da média das provas nacionais específicas para o curso que você quer entrar. Por exemplo, as específicas para engenharia são matemática e física, para medicina é biologia. As provas nacionais específicas  são abertas, tendo apenas uma parte pequena fechada.


Em relação aos custos do Ensino Fundamental continua a ser gratuito para escolas públicas,  tendo várias escolas públicas boas. Só é preciso pagar os livros por ano que custam uns 300 reais por ano (1275 reias), almoço e o transporte que são, praticamente, o mesmo preço do ensino médio. 

O horário das aulas continua a ser igual ao do ensino básico, de manhã e de tarde.





Ensino superior (universidade)


Com relação ao Ensino Superior de Portugal a maioria das Universidade são Publicas. São poucas, as Universidades privadas em Portugal . As universidades Públicas têm um prestigio bem maior do que as privadas, e isso faz diferença na hora de procurar emprego.

As Universidades Públicas mais prestigiadas em Portugal são Lisboa, Porto e Coimbra. Para além destas existem outras universidades, também boas, como a Universidade do Minho (de Braga) e de Aveiro.


Nas Universidades Públicas cada aluno tem 5 disciplinas por semestre, ou seja 10 disciplinas por ano, cada disciplina tem 4 horas de carga horário por semana, que faz um total de 20 horas semanas de todas as matérias. É o aluno que faz o seu horário podendo ter aulas das 9h da manha até as 20h da noite. Os alunos, geralmente, estudam de manhã e de tarde, tendo apenas, os fins de semana livres. Por isso, fica muito difícil ter algum emprego.


As provas nas Universidades Públicas, costumam ser apenas no final do semestre, com um grau de dificuldade muito alto, e com 2 tentativas para passar. Em algumas matérias mais difíceis a taxa de reprovação na disciplina é de mais 50% noutras matérias mais fáceis desce para 20%. Apenas uma pequena percentagem dos alunos  acaba o curso no tempo certo, sem repetir matérias.

A duração dos cursos é de 3 ou 4 anos para licenciatura, mais 2 anos para mestrado. Para doutoramento entre 2 a 4 anos.

A Universidade mais antiga de Portugal é de Coimbra com 728 anos de historia (fundada em 1 de março de 1290) , com salas bem antigas com cerca de 25 mil alunos.  Nesta Universidade tem a  Biblioteca Joaninha com mais de 70 mil  livros.

Univerisade mais antiga de Coimbra
Universidade de Coimbra


Biblioteca da Universidade de Coimbra
Biblioteca Joanina



Traje Academico das Univerisades
Traje acadêmico
Os estudantes, nas Universidades tem um traje acadêmico, que varia conforme a universidade. É constituído por uma camisa branca de botões, uma gravata preta, uma calça preta ou saia caso, seja mulher, um colete preto (em algumas universidades), um casaco preto grande, e por fim uma capa preta, fica bem parecido com o traje do Harry Potter.
 


Em relação aos custos, cada aluno paga certa de 1000 euros (4250 reias), divididos em 10 parcelas de 100 reais  (425 reias). Esta mensalidade tem o nome de propina (em Português de Portugal).

Além disso, o aluno deverá pagar, para o almoço, a quantia de 2,5 reais por dia, que fica em 52,5 reias por mês (233 reias). Se precisar de pagar ônibus o passe para se descolar para faculdade deverá ficar em cerca de 25 euros por mês (106 reias).

Apenas Lisboa e Porto têm mais de uma Universidade Pública. Os outros Distritos (equivalente a um Estado Brasileiro) têm só uma Universidade, geralmente fica na cidade principal desse Estado, havendo apenas cerca de 13 Universidades Públicas em Portugal.

Por isso é normal que, caso o estudante more longe da Universidade, se tenha de mudar de cidade para morar perto da universidade. Isto traz um custo extra de habitação, podendo esse valor variar entre 150 euros até 250 euros (637 até 1062 reias) por um quarto, e de 400 euros até 700 euros (1700 até 2975 reias)  por um apartamento.


Espero que vocês tenham gostado. Comentem aqui embaixo.

Compartilha com os seus amigos que têm interesse em ir para Portugal
Blog Widget by LinkWithin

2 comentários:

  1. Muito bom. Curti demais o post. Principalmente para quem tem filho (não é meu caso haha).
    Passou muitos detalhes da rotina e principalmente os custos.
    É legal comparar os custos, pois nós brasileiros temos o costume de achar que tudo aqui é caro. Educação de qualidade tem um custo em todos os lugares. Achei bacana.
    Aguardando os demais temas. Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Olá Filipe, obrigado pelo comentário.

    Embora em Portugal os custos sejam menores do que Brasil, sempre valerá a pena investir em educação.

    Sua participação aqui nos comentários é sempre muito bem-vinda!

    Abraço.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...